terça-feira, 10 de julho de 2012

Buquê de Noiva


BOUQUET DE NOIVA

O QUE REPRESENTA O BOUQUET?



A tradição do buquê de noiva está ligada a simbologia da vida, já que as flores são os órgãos reprodutores das plantas, portanto está ligada a fertilidade. Acredita-se que o buquê teria surgido na Grécia como uma espécie de amuleto contra o mau-olhado e, o buquê era feito com uma mistura de alho, ervas e grãos. Esperava-se que o alho afastasse maus espíritos e as ervas ou grãos garantiam uma união frutífera.
Na Idade Média era comum a noiva fazer o trajeto a pé para a igreja e no caminho recebia flores ou ervas e temperos para trazer felicidade e boa sorte. Ao fim do trajeto ela tinha já formado um buquê e cada um destes presentes tinha um significado referente, assim os antigos romanos costumavam atirar flores no trajeto da noiva, pois acreditavam que as pétalas fariam a noiva ter sorte e dar carinho ao marido.
Na Europa, durante a Idade Média, os arranjos começaram a tornar-se mais sofisticados, devido à chegada de flores exóticas.
Na época Vitoriana, era impróprio declarar abertamente seus sentimentos, criou-se então a “Linguagem das Flores” para demonstrar suas intenções sem falar uma palavra sequer. Os buquês passaram a ser escolhidos por causa do significado das flores.
Na antiga Polônia, acreditava-se que, colocando açúcar no buquê da noiva, seu temperamento se manteria "doce" ao longo do casamento.
Antigamente havia o hábito de guardar o buquê sob uma redoma de vidro, exposto sobre algum móvel na sala ou na cômoda do quarto.

Nos dias de hoje, o buquê é essencial para que o traje da noiva esteja completo. Ele pode ser feito de flores naturais ou artificiais.
Nos casamentos realizados na parte manhã ou a tarde, é aconselhável que o buquê seja de pequeno ou médio porte e com flores do campo ou flores coloridas, já para as cerimônias a noite recomenda-se buquê maior com flores mais nobres e chamativas.
Os formatos dos buquês podem ser: pequeno e redondo, cheio e redondo, tipo cascata ou tipo braçada.
Lembre-se que os buquês em flores naturais devem ser conservados em água ou no refrigerador, dependendo da flora, até a hora do casamento.
O importante é você escolher um buquê de acordo com seu vestido e personalidade e caso você não queira se desfazer do buquê então faça outro para ser tradicionalmente jogado às convidadas. Essa tradição já era praticada na antiguidade e por isso confeccionava-se dois buquês: o primeiro, abençoado pelo sacerdote era guardado. O segundo, era lançado em direção às mulheres solteiras. Aquela que conseguir pegá-lo, teria a sorte de ser a próxima a casar.

Abaixo os significado das flores:

· Cactus: perseverança
· Copo de leite: reconciliação
· Tulipa: declaração de amor
· Coroa imperial: majestade, poder
· Margarida: inocência, virgindade
· Camélia: beleza perfeita
· Cravo amarelo: desprezo
· Lírio: pureza
· Miosótis: fidelidade
· Flores do campo: juventude
· Celósia: fertilidade
· Cravos variados: rejeição
· Crisântemo: paixão
· Rosas: amor em suas várias formas
· Dália: crescimento
· Hortência: frieza, indiferença
· Dedaleira: falsidade
· Gerânio escuro: tristeza
· Dente-de-leão: oráculo
· Gérbera: vida, energia


QUAIS SÃO OS TIPOS DE BOUQUET?

Os bouquets de noiva podem ser do tipo cascata, redondo ou braçada e devem ser escolhidos levando-se em consideração o horário, o local, a altura, o estilo da noiva e as suas cores preferidas.

QUAIS AS CORES QUE EU POSSO USAR NO BOUQUET?

A escolha das flores de um bouquet vai da escolha da noiva.
Tons de lilás, roxo e azul, traz uma certa magia, pois são cores que sugerem tranqüilidade, espiritualidade, etc.
O vermelho indica paixão e sedução.
O rosa traz suavidade e delicadeza ao bouquet.
Os tons de amarelo e laranja traduzem energia e vitalidade.
O branco é pureza e sofisticação.

O BOUQUET SEGUNDO O JEITO DA NOIVA
Romântico: Bouquets estilo redondo ou braçada, nas cores vermelha, rosa, pink, etc. Pode-se sugerir os tons sobre tons e acabamentos com laços e fitas.
Exóticos: Flores exóticas com mistura de cores, padrões e texturas.
Delicado: Formato redondo, cores suaves, tamanho proporcional. Acabamento sutil com pequenas flores e cetim.
Clássico: Bouquets formais, redondos ou em cascata. As rosas, tulipas e orquídeas são as mais indicadas.
Moderno: Flores e combinações mais inusitadas. Cores mais fortes e contrastantes. Formato redondo “desestruturado” com folhagens e elementos diversos.

A ALTURA DA NOIVA IMPORTA NA HORA DA ESCOLHA?

A altura da noiva influi na escolha do bouquet para proporcionar um resultado visualmente mais harmônico, mas é a sua personalidade que irá determinar a escolha de um bouquet romântico, exótico, delicado, clássico, moderno, etc.

O HORÁRIO E O LOCAL É IMPORTANTE PARA A ESCOLHA?

Casamentos realizados durante o dia, em sítios, capelas, praia, etc sugerem bouquets mais “leves”, menores e redondos e, apesar da cor branca ser considerada a tradicional nos casamentos, o bouquet pode vir a ser confeccionado com flores do campo ou outras flores nobres coloridas (lírios, rosas, gérberas, etc) com acabamentos mais despojados . Já os casamentos realizados à noite, em igrejas, buffets, etc, podem contar com bouquets mais glamourosos, maiores e de cores mais fortes, com acabamento em cetim, pedrarias, etc.


































4 comentários:

Deixe sua opinião!